quinta-feira, março 31, 2005

Homossexualidade e família é uma combinação feliz: mito ou realidade?

Há quem ache que o conceito de família e a homossexualidade são coisas incompatíveis.
Decidi então verificar em campo se estas pessoas cépticas têm razão. Para isso resolvi analisar um dos nossos fins-de-semana passados, do qual segue a narrativa dividida em várias partes.

1ª Parte
A manhã de sábado
Image hosted by Photobucket.com
Por vezes vêm só os meus pais, por vezes vimos só nós, desencontrados ou juntos passamos tempos agradáveis aqui na casa fora da cidade. Este fim-de-semana viemos todos na sexta-feira à noite.
Na manhã de sábado eu não consegui dormir até tarde como de costume. A minha mãe aqueceu o leite, fez as torradas, tirou a loiça da máquina, uma porta bateu com o vento, o meu pai fez a barba com a máquina e eu tenho o sono leve. Já a Tica, pode desabar o mundo que ela ligeiramente moverá a perna esquerda e continuará a dormir. Assim foi, ela ficou na cama e eu levantei-me.
Estava muito sol e muito frio! Um dia lindo. Na cozinha estava a minha mãe. Demos beijinhos de bom dia com sorrisos.
Comecei a preparar o meu pequeno-almoço.
- A Tica ainda está a dormir?
- Pois está e agora é até sei lá que horas…
- O teu pai foi quase de madrugada à praça! Trouxe para aí comida que foi um exagero!
- Diz-me que trouxe amêijoas!
- E peixe e sapateira e sei lá mais o quê!
Estava tudo a correr bem! Ia ser um fim-de-semana de petiscos!
A avó levantou-se, tomou o pequeno-almoço comigo e muito mais tarde apareceu a Tica.
- Bom dia! – E gozámos com o seu ar de sono.
- Há novidades?
- Nada…- responde triste a Tica.
O cão da Tica, que continuou a morar em casa dos pais dela quando ela se mudou para o apartamento, resolveu escapar quando apanhou um portão aberto. Estava desaparecido há quatro dias. Tudo o que era possível fazer estava feito. Agora só restava esperar. E a minha avó continuava sem perceber o que era aquela conversa de por um chispe no cão!
Estava tanto sol que apesar do frio fomos lá para fora. Pendurámos o alvo na parede e as duas equipas iam dar o seu máximo num jogo de dardos: Tica e Teca contra Mãe e Pai Teca. A mãe Teca refila sempre na parte final do jogo, não gosta das duplas. A Tica é uma profissional. Eu tanto acerto como furo a parede e o meu pai já estava de olho no churrasco. Ganhámos. Ainda rimos todos quando a minha avó, que tem 93 anos, quis lançar uma seta e acertou. Fomos pôr a mesa e as carnes grelhadas estavam uma delícia.

|

foi de mel mas não foi lua

Pois souberam a mel estes dias de descanso.
Agradecemos a tod@s as felicitações pelo nosso aniversário e pelo nosso noivado.
E é claro: o bolo de noivas será realmente de chocolate e a primeira música não será uma valsa mas sim o Pluma Pluma Gay!
Já temos uma madrinha, pessoal a tratar do catering e uma famosa chefe de cozinha a supervisionar tudo!
E com voces como convidad@s as coisas só podem correr bem!

|

quarta-feira, março 23, 2005

SIM!

A Tica pediu-me em casamento e eu vi o futuro!
Já fomos rirar medidas ao Tito Cunha!
Respondi SIM!!

|

terça-feira, março 22, 2005

Tica e Teca 4 anos juntas

Estamos cheias de felicidade!
Hoje vamos comemorar!

...
I don’t want to live forever
But as long as I do
I’d love to live for real

With you I might get there
With you I might start to feel
With you I will get there
With you I will live for real
...

|

segunda-feira, março 21, 2005

Feliz Primavera!

uma primavera perfumada para tod@s

|

domingo, março 20, 2005

Mais spa

Sim, é verdade, ficámos mais uma semana no SPA (Sem Parar Afazeres). Voltámos às pastilhas Cansex.

|

domingo, março 13, 2005

Obrigado!

Esta foto foi tirada ao fim da tarde de sábado depois das massagens e das pedras quentes nas costas!
Obrigado a tod@s pelo fantástico fim-de-semana que nos proporcionaram. O SPA era maravilhoso.
Nunca esqueceremos e já nos sentimos outras.

|

quinta-feira, março 10, 2005

Canseira alastra!

Nunca mais vou àquela porcaria dos Oscars! Ainda estou com jet leg!
Provérbio do dia: "Em casa de fadiga nunca há só uma amiga".

|

quarta-feira, março 09, 2005

Isto só com pastilhas Cansex!

Queria ter postado sobre o dia da mulher... Realmente queria...
Durante as duas próximas semanas este vai ser o meu aspecto:
Ticazinha, faz-me um chá Noite Tranquila, faz favor.
Quando a maratona acabar eu volto ao normal.
Já diz o ditado popular: "Mulher com vida dura o post não apura".

|

sexta-feira, março 04, 2005

Domingo passado

Com esta coisa das músicas até me esqueci de falar do nosso fim-de-semana passado.
Foi divertido e até gostámos de Hollywood. A Tica detestou a comida do hotel e eu, confesso, já estava um bocadinho farta daquele glamour todo. Aqui fica uma foto da noite de domingo.

|

terça-feira, março 01, 2005

Sempre a subir

Já tivemos por aqui Tom Sawyer e Marco.
Seria criminoso esquecer o hit que desperta em nós o maior espírito revivalista de sempre. Não há festa onde não se cante este grande tema da música portuguesa (principalmente se houver bastante álcool à mistura).
E como este apartamento é uma festa de amigos, deixo-vos na companhia de Manuela Bravo.
Vá lá pessoal, toca a afinar o coro! Esmerem-se nesses lá lá lá!

|